2 de jan de 2010

A verdadeira história da Ferrari F40 abandonada em Dubai.

Repercutiu na metade dos Blogues do mundo as intrigantes fotos de uma Ferrari F40 abandonada nos arredores de Dubai e coberta de pó. Seria possível um louco deixar um carro de meio milhão de dólares entregue às traças, ou melhor à areia do deserto, nem que fosse numa cidade riquíssima afetada por forte crise econômica?

A resposta é não. Vários comentadores de Blogues detectaram o Fake e enumeraram as evidências de mais uma farsa da Internet:

Mas, antes para você refrescar a memória vamos a uma foto da F40 original lançada em 1987.
Ferrari F40 original

1) A reentrância das rodas é mais profunda do que nas originais e tem 5 furos, quando as originais possuem um sistema de cubo rápido, ou seja, há apenas uma porca central de fixação em cada roda;

Replica Ferrari F40 lado
A Ferrari F40 abandonada de Dubai em comparação com uma réplica à venda no mercado de carros usados americano.

2) Os vidros das portas não terminam em pestana na parte frontal como no modelo original;

3) A carroceria original é inteiramente feita em Kevlar, Fibra de Carbono e Alumínio, materiais inexistentes na réplica de Dubai, uma vez que se vê uma rachadura no para-lama da roda dianteira esquerda (foto acima);

4) Um comentador de Blogue afirma que a F40 Fake de Dubai foi montada por brasileiros que vivem nos EUA e, é claro, por preços muito mais baratos do que o Enzo Ferrari poderia imaginar (Nós brasileiros e a nossa fama de nos envolvermos em trambicagens!);

5) Na realidade, qualquer um consegue comprar facilmente uma destas réplicas nos EUA por módicos preços partindo de 7 mil dólares;

6) Nem é preciso comentar o aspecto geral lamentável do acabamento das duas cópias.
Replica ferrari f40 traseira
Por isso, confrontei as fotos da farsa de Dubai com uma outra cópia posta à venda num Site americano em 2006 por 20 mil dólares.

Conclusão: nem tudo que reluz é ouro e nem todo o carro vermelho que se parece com uma Ferrari, necessariamente é uma Ferrari, ainda mais se você a encontrar mofando em algum lugar remoto do mundo. Isto nos leva à conclusão óbvia de que, assim como o Papai Noel não flutua usando renas voadoras, não existem Ferraris verdadeiras abandonadas dando sopa por aí.

Logo, assim como Papai Noel vermelho e gordo com cara de garoto propaganda da Coca-Cola não existe, também a Ferrari de Dubai é uma sucata imprestável confeccionada em fibra de vidro vagabunda, que não vale o investimento de tirá-la do monturo onde se encontra. Quem sonhou com ela, se ferrou!

Referências:
F-40 abandonada em Dubai [Price of His Toys].
Réplica Ferrari Fiero F-40 1987 atualmente à venda na Flórida por 19,5 mil dólares [carsforsale].
Réplica da Ferrari à venda em 2006 [Price of His Toys].
Características da Ferrari F40 verdadeira [Automotive History].
Comentário sobre a Ferrari abandonada em Dubai [Carros Abandonados].

34 comentários:

  1. Papai noel não existe???!!!? :(
    NãÃÃÃAÃÃÃÃÃOOOOOOOOO

    ResponderExcluir
  2. Para os milhares deBlogs que repetiram a notícia da "Ferrari" abandonada em Dubai ele existe sim.

    ResponderExcluir
  3. Rapaz, isso não muda o fato de que abandonaram um carrão em Dubai, seja ou não uma Ferrari legítima...

    CHINFRAS e TALS

    ResponderExcluir
  4. Dá pra perceber que é uma cópia barata mesmo!!

    ResponderExcluir
  5. Não acredito que Papai Noel não existe? PQ FIZERAM ISSO COMIGO... rsrsrsrs

    ResponderExcluir
  6. Eu já sabia!!! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  7. se é farsa, tinha um brasileiro no meio

    ResponderExcluir
  8. Uma Ferrari? WTF?

    No Brazil os carros são fêmeas?

    ResponderExcluir
  9. Meu caro Gomes, Ferrari não é um carro, é uma ideia, um conceito, uma marca. Conforme os italianos, Ferrari è una bella machina!

    ResponderExcluir
  10. essa versão americana que fui usada pra comparar com a ferrari esquecida em dubai , ate parece ter sido feita a mão. cheia de diferencas , imprefeicoes, coisa de fundo de quintal...

    preste atencao nas rodas , as linhas , entradas de ar, para choques, aerofolios

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Me desculpe mais o simples fato de ser feito em casa n siguinifica que seja lixo... oque se diz a respeito e a forma com que foi feita n o local...se foce uma merda os veiculos de guerra de todo mundo e feito a mão.... n tem maquina pra pinta...

      mecho com arrancada e tenho certeza que essa ferrare ae n chega nem perto do meu golf nos 1000M . e montei na minha garagem..

      conheço amigos meus que montam pessas de fibra para carros de corrida e que ficam otimas ate com aero dinamica que e fundamental....

      Excluir
  11. Tem uma dessas original, abandonada ali na esquina de casa...
    : )

    ResponderExcluir
  12. Ta bom galera o carro não e original e é meu :p

    ResponderExcluir
  13. Mas até que não seria má idéia ter uma dessas na garagem!

    ResponderExcluir
  14. Eu também não dispensaria uma Ferrari Fake para desfilar nas quebradas.

    ResponderExcluir
  15. parabens por ter colocado as referencias. é comum blogueiros imbecis nao citarem fontes e acho isso essencial. sucesso!

    ResponderExcluir
  16. As referências são um ingrediente fundamental, pois elas constituem a porção "ciência" deste Blog.

    ResponderExcluir
  17. a replica do EUA tá horrivel toda torta!! a de Dubai tá linda!!

    ResponderExcluir
  18. meu caro eu ate gostaria de uma da quela falsa
    pq eu iria pegar umas gatinhas ai arruma uma dessas ai pa mim só que por um presso mais baixo que eu compro blz
    fmz

    ResponderExcluir
  19. apesar de o carro por fora ser falsificado, sera que alguem ja viu o motor?
    quem sabe, o motor ate pode ser original

    ResponderExcluir
  20. e por acaso ate falta o simbolo da ferrari ao pe da porta, mas nao se esqueçam, o que interessa e o motor, nao a carroceria, da pa preceber que o ferrari nao e legitimo, mas ninguem lhe viu o motor.

    ResponderExcluir
  21. É vero, quem conseguir clonar um motor Ferrari terá atingido a quintessência do sublime, então, não podemos mais falar em cópia.

    ResponderExcluir
  22. tinha que ter um brazuca no meio disso.

    ResponderExcluir
  23. aqui no brasil existe uma empresa mais precisamente em santa catarina que fabrica varia réplica até lamborguini ele fazem www.autosfibra.com.br

    ResponderExcluir
  24. Ferrari na autosfibra custam em torno de 120 mil e são bem feitas... uma obra de arte. Ah, e alguém conhece um ronco de uma Ferrari ? poucos né ?
    Quem tem um réplica da autosfibra deve causar inveja pra muita gente, pois eu queria ter uma.

    ResponderExcluir
  25. Acho que o motor deve ser o do meu fusca que foi roubado no Rio. Tem que ligar para sentir o Barulho. Como estou indo para Dubai, vou ver de perto.Quem sabe eu recupero o mtor do meu precioso, que vale mais do que esta replica mal feita.Este cara que fez esta falsidade, acho que tomou bastante wisk vermelho! kkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  26. a verdade e que o ferrari abandonado e verdadeiro e a foto do direito e que e facil, por uma simples razao:a traseira do f40 e toda em rede e nao fibra dos lados e rede no meio se quiserem confirmar vejam o carro.

    PS: e quem tem um ferrari nunca iria por um autocolante a dizer f40 no ailleron nota se que o carro que esta direito e FALSO!

    ResponderExcluir
  27. Retrovisor preto e porca na roda, quem tem porca na roda é corcel 1, e retrovisor preto é fusca, kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk, rsrsssssssss;

    ResponderExcluir
  28. EU QUERIA DO MESMO JEITO!

    ResponderExcluir
  29. Menos mal, mas ainda existe um Jaguar XJ220 (!) largado por lá, e é original

    http://images.thecarconnection.com/med/jaguar-xj220-abandoned-in-desert_100310036_m.jpg

    ResponderExcluir
  30. Apenas corrigindo. Não há nada de estranho em aparecer uma rachadura em uma peça de fibra. Seja fibra de vidro, carbono ou kevlar.

    ResponderExcluir
  31. E o Jaguar XJ 220, é fake também?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Jaguar é quente! http://www.motorauthority.com/news/1044117_rare-jaguar-xj220-supercar-abandoned-in-desert

      Excluir