02/08/2009

Os polvos sob a "lupa" de Darwin



polvo
O polvo acima e várias outros podem ser vistas no blog Canttin

As observações e descrições sobre os hábitos dos polvos foram feitas durante a estada de Darwin em Cabo Verde. De tudo que relatou sobre o arquipélago, ele dedicou cerca de 1/3 dessa parte do diário para os polvos. Os “tons” usados nesse texto indicam o quanto essa experiência foi divertida e fascinante! Estas observações realizadas entre janeiro e fevereiro de 1832, provavelmente, figuram entre os primeiros registros sobre estrutura e comportamento desses incríveis animais, que  adoram tocas e conseguem escapar por pequenos orifícios.

Além disso os polvos podem ser considerados os reis do disfarce:  há polvos que imitam cocos em locais em que estes frutos2 são abundantes, enquanto outras espécies “se disfarçam” de tufo de algas.

Muito inteligentes, em experimentos de laboratório, os polvos aprendem a se deslocar por labirintos e até mesmo retirar a tampa de potes de vidro para pegar alimentos.

Por tudo isso vale a pena ler a parte 6 do Diário de Darwin Comentado no Teliga.net, pois além do belo texto de Darwin há fascinantes vídeos ilustrando as fantásticas habilidades e inteligência destes animais.


Por: Gladis Franck da Cunha.



Partes anteriores: *1* *2* *3* *4* *5*
Próxima parte: *7*

Nenhum comentário:

Postar um comentário