22/11/2008

Máquinas do Tempo: até onde vai a fantasia e quando começa a realidade?

Antes do nascimento da teoria da relatividade de Einstein na década de 50, as viagens através do tempo já aconteciam na ficção. Assim, durante algumas décadas as viagens no tempo foram imaginadas longe do âmbito da ciência “séria”. Porém, o maquinário teórico proporcionado pela Teoria da Relatividade forneceu a munição que faltava para que o assunto começasse a sair da ficção científica e começasse a ser discutido entre os físicos teóricos.
Apesar de ser muito cedo para se falar em dispositivos concretos que permitam viagens no tempo, houve tentativas de se fazer máquinas teóricas que se apropriaram das aquisições auferidas pelos novos modelos matemáticos.
Livro “A Máquina do Tempo” de H.G. Hells. Os cientistas cogitam que o tempo é uma espécie de espaço, assim, poderíamos nos mover nele para frente e para trás, como se faz no espaço físico. Para comprovar esta teoria, inventei uma máquina que permite viagens através do tempo. Ao acionamento de uma alavanca, o viajante é transportado para o passado, ao passo que a outra o leva de volta ao futuro. Com esta máquina poderemos explorar os diferentes “espaços temporais”.

Detalhes construtivos da máquina do tempo vitoriana utilizada no filme de 1960.

A teoria geral da relatividade não só permite a construção de máquinas do tempo, como também está infestada delas. A nova compreensão do universo suscitou dezenas de brechas que podem ser aplicadas em veículos temporais: hoje se sabe que para viajar no tempo, basta gerar arbitrariamente uma curvatura no contínuo espaço-temporal.

Detalhes construtivos da máquina do filme de 2002, construída pelo famoso construtor de máquinas hollywoodianas Oliver Scholl.

Admitindo-se que um aparato consiga gerar uma distorção no continuum espaço-temporal, criando desta forma um túnel (buraco de minhoca) entre duas dimensões paralelas,
surge um problema apontado por Carl Sagan: usando este tipo de abordagem só se poderá construir uma máquina de tempo que vá para o futuro, mas nunca ao passado. A lógica é bastante simples, que reside na outra ponta do buraco de minhoca deve também ter desenvolvido uma máquina capaz de produzir a contraparte do túnel. Ou seja, as civilizações do futuro não poderão viajar ao nosso presente, enquanto não desenvolvermos uma máquina capacitada para fechar o circuito de buraco de minhoca cavado entra as duas dimensões. A mesma abordagem das viagens no tempo também deve ser empregada para os deslocamentos interestelares, porque em vista das distâncias incalculáveis envolvidas, mesmo numa “pequena” viagem à estrela mais próxima, o tempo necessário usando a atual tecnologia de descolamento espacial, a base de propulsão por foguetes, seria de milhões de anos.
Na esteira do sucesso do best-seller do final dos anos 60 “Eram os Deuses Astronautas” de Erik Von Daniken, surgiram algumas séries televisivas americanas que exploraram o tema das viagens no tempo, entre elas, o “Túnel do Tempo”, com sua máquina em espirais concêntricas, uma iconografia que ficou marcada no imaginário NERD daqueles tempos. Apesar da teoria de Erik ter sido desacreditada em anos posteriores, a possibilidade do passado terrestre ter sido visitado por civilizações avançadas de outros planetas permanece pairando sobre as cabeças, já que até hoje não foi encontrada nenhuma evidência definitiva de presença alienígena.
O famoso carro Delorean do filme "De Volta para o Futuro" é um veículo adaptado para atingir a velocidade da luz e assim, viajar no tempo, aproveitando uma das brechas abertas pela teoria da relatividade de Einstein. Mas, aos admiradores da trilogia, existe um prazer inenarrável: a possibilidade da aquisição do carro usado no filme. Um site da internet está oferecendo a oportunidade do você voltar ao seus tempos de escola secundária, para mudar alguns eventos ao seu favor. Como? O mesmo homem que colocou em leilão uma réplica do Capacitor de Fluxo Temporal (Flux Capacitor), pôs a própria Máquina do Tempo Delorean a venda. Preço: 15.099,00 dólares foi o lance inicial. Não se sabe se foi vendida e por quanto, porque a página do leilão foi apagada do Ebay.

Um patética Máquina do Tempo (Mechanical Contraption) posta à venda em leilão na Internet.
Notas do vendedor desta preciosidade:
“é um projeto inacabado. Trata-se de uma máquina para permitir viagens no tempo, mas, infelizmente, não tive tempo de completá-la.
Os resultados dos experimentos até agora não foram conclusivos, portanto não ofereço garantias de funcionamento.
É desejável que o interessado em comprá-la tenha rudimentos de física quântica e interesses similares. Não façam eu perder o meu tempo com perguntas ridículas. Quem comprá-la pode facilmente introduzir modificações no projeto para transformar a máquina do tempo numa máquina de anti-gravidade.”
Diversões adicionais: leia as perguntas e respostas dos interessados em comprar a traquitana no site original onde o leilão foi procedido, o Trademe.

Links Relacionados:
A visão de Carl Seagan sobre as viagens no tempo.
Como construir uma máquina do tempo? (Artigo traduzido da revista Scientific American)
Wikipedia - Time Travel.

9 comentários:

  1. Máquina do tempo do Dr. Fred Edison, do game Day of Tentacle:

    http://www.gamespot.com/gamespot/features/all/greatestgames/screens_6086270.html?page=109

    ResponderExcluir
  2. Eu amo esse assunto. De volta para o futuro foi demais.

    ResponderExcluir
  3. Também amo esse assunto.

    ResponderExcluir
  4. faltou dizer q essa aí: http://www.instablogsimages.com/images/2008/02/08/has-time-travel-finally-arrived_7071.jpg é a máquina do tempo do Doutor, de Doctor Who (o nome dela é TARDIS)

    ResponderExcluir
  5. ZuzoBem Gara25/11/08 22:53

    Eu odeio este assunto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. se voce odiase nao teria pesquisado esse asunto

      Excluir
  6. se pudesse voltar o tmpo eu voltaria pra reviver as coisas q não quis viver por medo de amar e sofrer...

    ResponderExcluir
  7. Interessante o assunto, contrariando ai os cientistas, matematicos, enfim os PHds da fisica e outros, eu acho impossível mesmo que venha a existir um equipamento que leve o homem ao futuro, pois se o futuro ainda não aconteceu, como poderia o homem ir a um vacuo de tempo, algo que esta para acontecer, ele ainda nao esta la. entendo assim,o mesmo acontece com o passado, nada existe, pois as pessoas estao mortas bem como a natureza da epoca.

    ResponderExcluir
  8. a pagina começa com uma pergunta, ate onde vai a fantasia e começa a realidade?. Bom, do meu ponto de vista, alias sou leigo no assunto, mas risco uma opinião usando a razão e a sensatez, a realidade já existe, a pura realidade que e uma teoria , uma fantasia, impossível tal fato,para se viajar no tempo se fosse possível teriamos que deslocar na velocidade luz, e nao existe e nem existira materia que nao venha a se desintegrar ao passar para luz, e complicado, imagina o corpo humano nessa velocidade dentro de um aparelho, só o po, ele ia sim viajar , mas seria para o paraiso ou inferno.

    ResponderExcluir