6 de jun de 2008

Meu pet é uma aranha caranguejeira?

atalanta
Esta é a foto da nossa aranha de estimação Atalanta (denominada de Caranguejeira por nós e de Tarantula pelos gringos), ela não é prisioneira no nosso lar, ela é livre para ir e vir, portanto, pode dedicar o seu dia para cuidar da sua vida repleta de assuntos aranhísticos.

Um pouco de história.
Desde criança gosto de aranhas, eu as criava em latas de leite ninho e cometia atos considerados atualmente politicamente incorretos, promovia rinhas entre aranhas X aranhas, aranhas X escorpiões e escorpiões X escorpiões. Mas isso é coisa do passado, pois hoje tenho o maior respeito pelos animais e os trato com a maior deferência.

A luta entre entes versus entesposas.
A minha residência é na beira de um mato que eu cultivo inspirado pelos ideais do ecologista Lutzenberger, que tinha uma verdadeira floresta no lugar do seu pátio. Ao invés dos jardins ingleses em que a natureza é completamente domada, sou fervoroso cultuador de plantas nativas que nascem “per si”, de acordo com a veneta da fecundidade da terra. Porém o meu casamento se assemelha ao conflito, relatado por J.R.R. Tolkien no livro Senhor dos Anéis, entre os entes e as entesposas. A minha entesposa prefere os jardins bem comportados, então chegamos a um acordo: uma parte do nosso jardim tem a boa aparência da grama aparada e dos canteiros simétricos e limpos e o meu, reservado ao inço que brota ao seu bel prazer ecoando resquícios da mata atlântica num pequeno pedaço de terra de 50 m X 80 m.

Pois bem, deste pequeno capão onde tucanos, pica-paus, chechéus, sabiás e muitos outros pássaros que nem sei o nome brincam o dia inteiro, alguns bixos saem e visitam a nossa casa. Atualmente apareceu uma caranguejeira jovem, que pode ser um caranguejeiro, não sei ao certo o sexo, que entra num corredor fechado que temos na parte térrea, fica lá caçando outras aranhas e sai quando lhe aprouve. A minha entesposa lhe deu o nome de “Atalanta”, que carinhosamente reduzimos para “tatá”.

Quem é mais inteligente, a aranha Tatá, ou um dogo argentino?
O interessante das aranhas caranguejeiras é que elas são extremamente inteligentes e perceptivas, elas pressentem quando alguém gosta ou desgosta delas e se afeiçoa àqueles que se sentem à vontade na sua presença. Atrevo-me a dizer que o intelecto dela é superior a nossa cadela da raça “Dogo Argentino”. Ao contrário da Atalanta que cumpre rigorosamente com suas funções, limpando o nosso corredor de insetos peçonhentos, a cadela serve unicamente para fugir e se refugiar num clube aqui perto. Quando a soltávamos, a sua função era me provocar exercícios físicos e fadigas, quando o caseiro do clube telefonava ao nosso caseiro reclamando de uma cadela com cara de pitbull aterrorizando os freqüentadores, fazendo-me ir em disparada mato adentro, pulando cercas e taipas para recapturar o animal destituído do mínimo vestígio de inteligência.

Quem tiver um aracnídeo como pet vai poder comprovar o que falo e me dará razão. Você não imagina o quanto uma aranha caranguejeira é inofensiva, se ela chegar a lhe picar, numa situação improvável, vai doer muito e vai ficar nisto, pois ela não tem veneno – um risco muito menor do que ter um pitbull ou uma coleção de escorpiões.

Pets, aranhas, pitbull, dogo argentino, Tolkien, ente, entesposa, caranguejeira, tarantula

28 comentários:

  1. Interessantes fatos sobre a convivência homem/aranha(tive que usar a barra no lugar do hífen por razões óbvias), mas ainda tenho uma importante pergunta: quanto tempo costuma viver uma aranha? Uma das piores sensações para um dono de animal que se apega a seu "pet" é vê-lo morrer(quanto mais lentamente pior), e será que eu correria esse risco com uma dessas?

    Em tempo: não, não planejo ter uma caranguejeira só minha. É pura curiosidade, mesmo.

    ResponderExcluir
  2. Simples meu caro Watson, elas vivem de 10 a 15 anos, em cativeiro. Coisa que não sucede com a nossa amada Tatá, porque ela tem natureza híbrida: se por um lado não abdica da sua vivência selvagem, não deixa de frequentar sítios urbanizados.

    ResponderExcluir
  3. Gostaria de me informar onde posso conseguir uma destas tb,, pq moro no RJ, então venho tentando "caçar" este animal para criar como estimação.
    Obrigado, desde já.

    ResponderExcluir
  4. Sobre caçar:
    Eu acho bastante cruel capturar o bixo da natureza e mantê-lo em cativeiro. O ideal é que você morasse numa casa na periferia do mato e tivese um espaço na sua casa, uma garagem, etc, aí as caraguejeiras apareceriam espontaneamente para caçar outras aranhas.
    Sou contra a captura, ir na floresta da tijuca e capturar um animal e manter preso em casa.

    ResponderExcluir
  5. gosto muito dessaaranha desde pquena,qdo a vi pela primeira vez...comonão possote-la,fiz uma tatuagem linda no ombro em sua homenagem.....

    ResponderExcluir
  6. Pois é, caro Blogueiro, acontece q. moro próximo à Natal,RN que possui um belo dum manguesal (interno) próximo a praia do Kotovelo(p/ ser rigoroso ao nome original indígena, provavelmente). Ao passear pela avenida, próximo a uma escola, eis que vislumbro uma caranguejeira exuberante que só parou no instante que fui apreciá-la. Tive q. rapidamente tocá-la p/ o interior do mangue... . Lembro-me da minha infância quando meu pai pegava-as e, brincando, assustava aos moradores do interior jogando-a sobre a mesa de jogo de cartas, dinheiro, fixas, aperitivos, etc. Acho que seria interessante mostrar como se pega na mão esta aranha, pois em muito ajudaria as pessoas quebrar o "medo" e, por consequência, a sua predação humana.

    Obrigado e um abraço.

    ResponderExcluir
  7. As tarântulas são extremamente dóceis e cordatos. Desde que você não as machuque, dá para pegar sem problema nenhum. Um dos métodos é colocar na frente dela e esperar que ela suba.
    O outro método é para os mais familiarizados com o bicho e consiste em pegar com os dedos em pinça por cima o abdômen da aranha.
    Isto eu aprendi vendo os caras fazendo na televisão. Outra coisa que aprendi na TV é pegar cobra pelo rabo e suspendê-la. O Richard Rasmussen da Rede Record demonstra muito bem este conhecimentos.

    ResponderExcluir
  8. Eu nunca tive a oportunidade de ter uma aranha, mas as vezes "pescava" alguns e realizada rinhas, sempre apostando figurinhas... Atitude também repugnante, mas hoje já estou curado deste vício, agora sou viciado em internet e blogs hahaha


    Post muito legal, sempre venho aqui, fazia muito tempo, tanto tempo que layout tá diferente pra mim, pra melhor, claro...

    ResponderExcluir
  9. vi uma aqui em casa e matei, pois n sabia q aranha q era, nem se era venenosa, agora ja dei q nao eh, ela era mto grande e preta!

    ResponderExcluir
  10. É uma grande cagada matar um bichinho destes! A tarântula é inofensiva, você pode vê-la na modalidade de quebra de recorde do guiness book, onde os caras colocam tarântulas na boca.

    ResponderExcluir
  11. eu acho que deveriater mais infomasões e fotos sobre a aranha caranguejeira, porque é muita poca informasão sobre esse aracnídeo, deveria ter muito mais, porque tudo isso dar para ler em 1 minuto

    ResponderExcluir
  12. Pesquisa no Google sobre tarantula e terás milhões de informações e fotos sobre esta aranha.

    ResponderExcluir
  13. meu pai achou uma e ñ matou

    ResponderExcluir
  14. Ola, por acaso achei esse blog, procurando informacoes sobre aranhas caraguejeiras. Estou criando uma com meus alunos ( 5 anos) na escola, eles simplesmente a amam!
    Enfim, engracado eh achar alguem que cria um Dogo e uma aranha, assim como eu! Meu marido e eu temos um canil de dogos, atualmente com 3Femeas, 3 machos e alguns filhotes.
    ahahaha sou orbigada a discordar qdo diz q na disputa por quem tem maior inteligencia DOGOS X ARANHAS, as pernundinhas levam a melhor!
    kkkkk nao eh minha Charlote que me proteje, que me da carinho, que guarda nosso territorio dos perigos... visao um pouco egoista, voce pode dizer.... mas se pensar, e vc deve conhecer bem, na historia do verdadeiro Dogo e razao pelo qual o dogo foi criado, vera que o Dogo, eh imcoparavelmente mais inteligente do que muitos outros animais... isso inclui aranha. O dogo morre por seu dogo, existem varios relatos sobre isso... a aranha nao faria isso por voce... ahahahah
    ahahahahaha... adoro os dois animais, mas entre receber um abraco de meus dogos, eh bem melhor do que levar uma picada da charlote...
    Enfim, parabens por ser esse cara gente boa, que curte a natureza e os animais, e mais importante, que os "cria" em liberdade!

    ResponderExcluir
  15. M. Farias,
    infelizmente a nossa experiência com uma Dogo foi catastrófica. Além de não servir para nada, não era fiel e ainda por cima fujona.

    ResponderExcluir
  16. Puta mano araqnha caranguejeira é foda ela me mordeu pq eu apertei ela sem quere. troool!!!!!

    ResponderExcluir
  17. Doi bastante, mas é um veneno inofensivo.

    ResponderExcluir
  18. michel fernandes fa pe05/10/11 15:49

    quando eu era criança eu morava em uma chacara grande e

    ResponderExcluir
  19. michel fernandes fa pe05/10/11 16:38

    senpre gotei de aranhas des da primeira ves que eu vi . e sempre que eu achava eu colocava em aquarios e cuidava delas.e de todas elas teve uma espesiau que meu primo emcontrou
    apos acabar de chover em um muro de uma cassa em que na frente tinha muito mato e arvores .pois esa aranha mais conhecida pelo nome de caranquejeira estava sem uma pata e comecei a cuidar dela em um aquario pequeno e ela era pequena e emtao passarao o tenpo e eu sempre colocava barratas e qrilos para ela se alimentar e ela so si alimetava anoite e eu nuca via ela um dia eu acordei dinoite e me asustei ao ver ela tao grande medindo 11 centimetros e depois eu mostrei ao meu primo e falei para ele muito obrigado por midar esta caranquejeira edepois diso tive que mudar de cassa e comesou a chover ela astava la fora meus cachorros abrirao o aquario e ela fujiu e eu nuncamais vi ela e fiquei muito triste .nesa epoca eu tinha 13 anos de idade e agora tenho 14 anos de idade e meu padrasto achou uma caranquejeira e ele pegou ela e eu nao estava la mas quando eu chequei la ele me deu ela e ele dise eu ia matar ela mas pensei em voce . agora estou cuidando dela e nao vou descuidar dela

    ResponderExcluir
  20. Foi bom você não ter matado a coitadinha, elas são bons animais de estimação.

    ResponderExcluir
  21. para pega-la é só não ter medo... é só aproximar e com um jeito pegue... como se tivesse pegando algo sensível, e que não pudesse apertar tanto para machuca-la, mas que tivesse que segura-la: seria como o velha comparação com a areia... não apertar porque vai escapar e nem deixar solto demais.

    ResponderExcluir
  22. Cara ,meu irmao mora em um sitio ee axou uma caranguejeira perto da casa e trouxe pra mim , to criando em um aquario ,ela mede uns 7 cm ,e dei um besouro pra ela onten , de quantos em quantos dias eu posso dar uma barata ou algum outro inseto pra ela ?

    ResponderExcluir
  23. Tem tempos que ela come mais e outros ela come menos. Quando ela se agitar mais você tem que dar comida.

    ResponderExcluir
  24. queria muito criar uma caranguejeira, mas não sei onde eu posso comprar uma.
    É uma pena moro em Campina Grande PB
    como faço para comprar uma por aqui alguém sabe ?
    meu msn ai hederson_felix@hotmail.com espero que vcs possa me ajudar OBG desde já.

    ResponderExcluir
  25. OLÁ! SERÁ QUE POSSO CRIAR UMA EM UM APARTAMENTO??

    ResponderExcluir
  26. oi meu filho adora essas coisinhas de muitas perninhas como adora as cobras so que eu estou com um grande problema a aranha dele fugiu e não a encontro ja tem 4 dias minha casa ta em reforma tenho medo que algum dos pedreiros a mate ou algum vizinho assustado como posso encontra la quando ele chegar do exercito e nao a ver vai ficar muito decepcionado pois eu cuido dos repteis dele e nunca perdi nenhum mas a zoo me deu um chapeu

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Só resta procurar em possíveis tocas.

      Excluir